You are here
Filmes e Séries 

Como realmente são os personagens The Walking Dead nas HQs

A série The Walking Dead que é exibida pela Fox aqui no Brasil, tem em sua maior parte seguido os eventos que acontecem nos quadrinhos de Robert Kirkman  que tem o mesmo nome. A HQ desenhada em preto e branco teve estréia em 2003. A produtora da série a AMC fez algumas mudanças dinâmicas ao longo dos anos, principalmente as relacionadas aos personagens da série.

Nesse post vamos fazer um passeio direto no material fonte e fazer comparações entre os personagens da série e da HQ. Se você não acompanha a série, cuidado que teremos alguns spoilers bem significativos à frente, prepare seu estômago pois a história nos quadrinhos é muito mais pesada do que vemos pela TV.

Rick Grimes

Você pode notar que a semelhança do ator Andrew Lincoln com o Rick Grimes no material de origem é bem próxima, mesmo ostentando uma barba, não podemos deixar de notar essa diferença que grita aos nossos olhos. Na série ele ainda tem as duas mãos, mas na HQ a coisa muda um pouco, quando o governador capta Rick, Glenn e Michonne na edição 28, ele corta a mão direita do Rick sem dó e nem piedade, antes de torturar e estuprar a Michonne, claro que esses detalhes foram modificados na série.

Shane Walsh

Jon (Justiceiro) Bernthal fez um trabalho maravilhoso interpretando o parceiro e melhor amigo do Rick, Shane. O agente Walsh tem um caso com a esposa do Rick, a Lori. Ele acreditava que o amigo morreu no hospital, o que acabou se tornando um grande problema quando Rick retorna e Lori está grávida. Nas duas versões Carl dispara contra o Shane, mas temos algumas diferenças nessa história. Na HQ Carl dispara um tiro no pescoço do Shane, o menino se encontrava chorando e fez isso para tentar proteger o seu pai enquanto eles lutavam. Outra diferença é que quando Rick estava cavando a sepultura para o Shane, ele precisou dar um tiro no crânio do seu “amigo” que estava reanimando. Na TV, Rick apunhala Shane até sua morte no final da segunda temporada, só que Carl aparece atirando no Shane quando o mesmo aparece “zumbificado” para poder salvar seu pai.

O Governador

Uma das maiores mudanças da série de TV é a representação do veterano ator David Morrissey do Governador durante as temporadas três e quatro de The Walking Dead. Como você já sabe o Governador é muito pior na HQ do que na série, mas a vingança de Michonne foi do mesmo nível ou talvez pior. A lesão no olho do Governador é feita do lado oposto e de uma forma muito mais agoniante do que na série, na HQ o olho do Governador é removido com uma colher! Mas você acha isso pouco? Então vamos lá, ele foi cruelmente torturado, teve seu braço direito arrancado, suas unhas e a maior de todas as crueldades, o Governador foi castrado pela Michonne! Momentos mais tarde o corpo foi encontrado ainda com vida e apesar de todos os ferimentos ele sobreviveu e ainda trouxe muita dor de cabeça para Rick e seus companheiros.

Carl Grimes

Carl teve que amadurecer muito rápido para conseguir se adaptar ao mundo cheio de zumbis, mas na maioria das vezes Chandler Riggs fez um ótimo trabalho ao interpretar o filho de Rick. Ao contrário do Governador, Carl perde o mesmo olho na série que ele perdeu nos quadrinhos, só que nas mãos de um atirador diferente. Na série o tiro parte do Ron  que ficou revoltado e atira em um momento de raiva, nos quadrinhos o tiro parte do Douglas Monroe que atira sem controle contra os zumbis e acaba acertando sem querer o olho de Carl e destrói parte de seu rosto. Na série Carl usa faixas para cobrir seu ferimento, mas nos quadrinhos ele usa um par de óculos escuros que pode representar seu conflito interior, seu lado mais escuro que o leva a tomar algumas decisões impetuosas.

Michonne

A representação da atriz Danai Gurira como a “samurai” Michonne é perfeita em comparação com o material de origem. Gurira consegue trazer todos os elementos da personagem dos quadrinhos, nos mostra a sua bondade e ao mesmo tempo a sua ferocidade. A diferença da Michonne nos quadrinhos estão mais para comportamentais do que visuais. Uma de suas grandes diferenças está em um relacionamento “superficial” que ela teve com Tyresse nas HQs e na série não existe nem sinal de um possível envolvimento entre eles. Mas na série vemos algo completamente diferente, um relacionamento que ninguém imaginava entre ela e Rick. Nos quadrinhos isso está longe de acontecer pois a Andrea não morre e ela se torna a namorada do Rick. Mas nós amamos o relacionamento “Richonne” que floresceu ao longo das últimas temporadas, (espero que continue assim por muito tempo).

Negan

Os fãs se queixaram muito com o final da sexta temporada, mas tiveram que reconhecer que o ex-aluno de Watchmen e Supernatural Jeffrey Dean Morgan fez um trabalho incrível como Negan, o líder dos Salvadores. O artista Charlie Adlard baseou originalmente o olhar de Negan no músico/ator Henry Rollins, que até fez uma audição para representar Negan na série, mas a AMC acabou gostando mais do Morgan para o papel porque ele tem mais experiência de atuação. Enquanto o Governador era mais refinado na AMC, os showrunners decidiram que Morgan iria manter o visual das HQs e não apenas isso, mas o tom de sua voz insidioso e descontraído, que ficou perfeito quando ele recitou suas “linhas introdutórias” para o grupo do Rick, ficou praticamente perfeito em comparação com a HQ.

Carol Peletier

Enquanto Danai Gurira é a encarnação viva da Michonne, a semelhança e caráter da Melissa McBride é completamente o oposto da Carol dos quadrinhos. Ambas as “Carols” começam sua jornada como mulheres mansas e impotentes diante de todas as terríveis dificuldades que a vida estava lhes impondo. Mas a equipe da AMC decidiu fazer uma versão da Carol mais “badass” no final. Os espectadores sabem que Carol é uma mulher quebrada que responde a morte de sua filha, transformando-se em uma sobrevivente mais endurecida, sendo um dos membros mais fortes da equipe do Rick. Nos quadrinhos ela tenta se apegar a um relacionamento que não deu muito certo com o Tyresse, que acaba traindo ela com a Michonne. Em seguida ela tenta um relacionamento íntimo com Rick e Lori, mas depois de tantas decepções ela acaba se deixando ser mordida por um zumbi e deixa sua filha Sophia sozinha no mundo. Essa é uma outra grande diferença na história de Carol, na HQ sua filha Sophia é um dos poucos membros originais do grupo que estão vivos até hoje.

Daryl Dixon

Quando falamos de Daryl Dixon temos aqui uma outra grande diferença em comparação com o mundo da HQ. Esse personagem é exclusivo da série de TV e seu irmão Merle também. Enquanto Rick confiava em Daryl como seu segundo comando durante as últimas temporadas, esse papel foi passado muitas vezes para outros personagens na versão impressa. Toda vez que nos lembramos de Daryl automaticamente vem na mente a sua motocicleta, essa inspiração do personagem pode ter vindo da edição n°15 que tem o Rick na capa. Infelizmente, Kirkman continua inflexível em relação aos irmãos Dixon e até o momento eles nunca foram apresentados na série impressa.

The Walking Dead é um exemplo de uma incrível adaptação dos quadrinhos para a TV, mesmo contendo diversas diferenças na história quando comparados esses mundos tão distintos não é algo que incomoda os fãs da série. Mas sempre é legal saber como anda as coisas no material de origem da série né?

 

Qual adaptação desses personagens que você achou que ficou mais legal na série? Deixe aí nos comentários!
Até o próximo post!

 

Aspirante a designer e desenhista nas horas vagas. Sonha em ser assistente do Batman e passar as férias no Condado. Atualmente sou uma estudiosa do lado negro da força e quero dominar o mundo! xD~

FacebookTwitterYouTube
Facebook Comments
(Visited 11 times, 1 visits today)

Related posts

Leave a Comment