Filmes e Séries 

Glow | 5 coisas que você precisa saber antes de assistir a série.

Nesse fim de semana tivemos a estreia no Netflix da série Glow. Ela conta a história de mulheres insatisfeitas com a forma que são tratadas e para superar isso elas resolvem entrar no universo do wrestling (luta livre coreografada que fez muito sucesso na televisão nos anos 80).

Então para te preparar para a maratona no fim de semana eu trouxe aqui 5 coisas que você precisa saber antes de começar a assistir.

1 – Quem são as lindas moças do Wrestling?

Antes dessa série do Netflix, existiu uma original na qual foi inspiração para essa a GLOW: The Gorgeous Ladies of Wrestling. Durante quatro temporadas em um total de 104 episódios, a base dessa série era a luta livre mas além disso você acompanhava a vida daquelas mulheres dentro e fora do ringue e foram criados alguns “alter egos” para elas, daqueles bem clichês que são bem engraçados de se acompanhar. A série do Netflix vai trazer uma história de ficção baseada nesse universo.

Confira a abertura da série original no link abaixo e entenda melhor sua temática.

Alison Brie será a Ruth Wilder, uma atriz que está fora do ramo e vê esse como um último esforço para alcançar o estrelato e participa de uma audição para o primeiro programa de TV feminino de luta livre. Doze outras atrizes (na mesma situação da Ruth) foram selecionadas para se juntar no ringue, entre elas está a melhor amiga da Ruth que acabou virando sua rival a Debbie Egan, interpretada pela Betty Gilpin.

 

 

Assim como na série original, a GLOW da Netflix está ambientada em Los Angeles e você vai ver as mulheres sendo treinadas pelo diretor James Silon (Marc Maron), que junta forças com um produtor de Hollywood (Chris Lowell). Na série original GLOW foi criada pelo diretor de filme B Matt Cimber e o produtor David B McLane, com eles nasceu o ginásio feminino Jackie Stallone, Barbarella’s. Para a produção da época o dublê de Hollywood Mando Guerrero serviu como treinador das meninas junto com seu sobrinho Chavo Guerrero Jr., e eles foram escolhidos para treinarem as mulheres para a nova série.

 

2- A primeira temporada é uma história de origem

 

Vamos supor que GLOW tenha futuras temporadas no Netflix e que essa ideia de ter um show dentro de outro show der certo, esta primeira temporada vai funcionar como uma história de origem e vai levar um tempo para que seja construída com grande extravagância até o final da temporada. Enquanto o show original já foi grandioso desde o seu começo tendo suas filmagens no Riviera Hotel de Las Vegas logo nas suas primeiras duas temporadas, a Netflix começa com uma história de uma pessoa azarada, praticamente no fundo do poço. O resultado dessa decisão criativa traz mais tempo para se trabalhar as personagens e poder acompanhar a vida delas fora do ringue.

 

3- As mulheres são os seus próprios dublês

 

Os movimentos de wrestling no ringue, são feitos principalmente pelas atrizes. A decisão de fazer as atrizes executarem a maior parte dos movimentos de acrobacias foi para manter a autenticidade à medida em que a habilidade delas cresce no ringue. Os atores que foram selecionados na audição foram aqueles que eram fisicamente capazes ou dispostos a se tornarem fisicamente capazes de fazer os movimentos.

 

4 – Quem é o público de GLOW?

Dado o fato de que três dos quatro produtores executivos da GLOW são os mesmos de Orange Is the New Black, não é nenhuma surpresa que a comédia tenha um tom semelhante e atraia a mesma audiência que se sinta no centro da prisão feminina de Litchfield nas últimas cinco temporadas. “GLOW não é uma prisão – é muito mais brilhante do que a prisão”, diz Brie sobre o cenário de néon feliz de 1985. Mas o foco nas mulheres, incluindo as atrizes pouco conhecidas, é o que coloca GLOW e a Orange em uma categoria similar. “Mostra como GLOW e Orange Is the New Black, e pessoas como Jenji, Carly e Liz estão definitivamente liderando a tarefa de criar personagens interessantes e excitantes para todos os diferentes tipos de mulheres e ajudando a encontrar papéis para atrizes desconhecidas”.

 

5- A série pede uma maratona

Com 10 episódios de meia hora, a temporada completa de GLOW pode ser assistida de uma só vez durante uma tarde do fim de semana. É preciso assistir alguns episódios para entender o que Brie está fazendo, porque sua personagem Ruth é convincente demais de que não é uma atriz muito boa. Uma vez que os espectadores estabelecem um vínculo com a Ruth, no entanto, o verdadeiro coração da história aparece, fazendo com que metade da temporada seja bem mais emocionante.

A série já está disponível no Netflix, você já assistiu? O que achou? Deixe nos comentários vou adorar saber!
=**

Aspirante a designer e desenhista nas horas vagas. Sonha em ser assistente do Batman e passar as férias no Condado. Atualmente sou uma estudiosa do lado negro da força e quero dominar o mundo! xD~

FacebookTwitterYouTube
Facebook Comments
(Visited 32 times, 1 visits today)

Related posts

Leave a Comment